Blog

30/10/2017

Os erros mais comuns de quem não corre com uma assessoria esportiva

Acessórios, Coluna do treinador, Dicas BHRace, Relatos

Correr, apesar de ser uma habilidade básica do ser humano, pode ser considerada uma arte bem complexa. São vários os mistérios que o nosso corpo desvenda à cada dia de treino.

Treinar com o acompanhamento de uma equipe profissional de treinadores especializados faz toda a diferença para quem almeja os melhores resultados. E aqui na BHRace esses resultados não demoram a aparecer.

Isso, porque nossos treinadores estão sempre a sua disposição para te orientar e evitar que você cometa os erros mais comuns entre corredores que correm sem o acompanhamento de uma equipe esportiva.

Você quer saber quais são esses erros? Fiz um TOP10 do que mais vejo no dia a dia de quem corre sem orientação profissional. Confira!

 

1.  Não ter um planejamento a longo prazo.

Este talvez seja o principal erro de quem busca bom resultados com a corrida. Planejar um ciclo de treinamento é fundamental para que você possa chegar em grande estilo na sua prova alvo. Um treinador especializado em corrida saberá distribuir a carga de treinamento ao longos do tempo, ajustando sempre a intensidade e o volume de seus treinos.

 

2. Não fazer atividades complementares, como fortalecimento.

Em especial, para quem está acima do peso e para quem quer correr distâncias maiores, um treinamento de fortalecimento muscular é essencial para que possamos diminuir os riscos de lesão e conquistar bons resultados. Musculação, pilates, crossfit… Escolha sua preferida e mantenha sua musculatura sempre pronta para a corrida.

Quer ler mais sobre a importância do fortalecimento para corredores? Clique aqui.

 

3. Correr todos os dias.

O seu corpo também precisa se recuperar. Correr todos os dias é só para maratonistas profissionais e olhe lá… Para melhorar seu condicionamento físico, o seu corpo precisa recuperar de um treino pesado, então dê descanso a ele. Três vezes na semana pode ser uma boa frequência semanal para seus objetivos.

 

4. Não variar os treinamentos.

Correr sempre a mesma distância ou mesmo tempo em todos os treinos, pode fazer com que você não evolua a partir de um certo momento. Variar os tipos de treino (farltek, intervalado, longo…) é fundamental para que possamos melhorar nosso desempenho de maneira mais ampla e completa.

 

5. Não realizar aquecimento e desaquecimento.

Para alguns treinos, realizar aquecimento é importantíssimo para uma boa performance, pois diminui o déficit de oxigênio no treino e o deixa mais confortável e prazeroso. Após treinos muito intensos, fazer um desaquecimento também é fundamental, pois assim retornamos nosso organismo de maneira gradual a um estado de repouso.

 

6. Usar roupas inadequadas.

Calça jeans não pode, né… Também tem gente que adora correr de chuteira… Utilizar roupas e calçados adequados para cada atividade física é importante para que essa fique ainda mais prazerosa. Opte por roupas leves e confortáveis e calçados apropriados para corrida ou caminhada.

 

7. Comprar tênis pelo preço.

Isso não pode! O melhor tênis não é o mais caro. E não caia em conversa de vendedor que quer classificar sua pisada e te vender de tudo que é jeito um tênis pronado ou supinado. Opte pelo conforto, amortecimento e se possível corra com ele antes de comprar (pode até ser dentro da loja). Evite comprar tênis desconhecidos pela internet para não ser surpreendido.

Se você quer dicas de como escolher o melhor tênis para você, clique aqui.

 

8. Não realizar exercícios técnicos de corrida.

Correr exige muita técnica e coordenação. Alguns exercícios simples podem ser realizados diariamente para aperfeiçoar a maneira que você corre. Com mais coordenação e uma técnica mais apurada, você certamente gastará menos energia ao correr.

Para ver dicas de quais exercícios educativos para corrida realizar, clique aqui.

 

9. Não se preocupar com o percurso.

Tenha cuidado com isso. Correr em subidas e descidas é completamente diferente de correr no plano. Para quem tem algum tipo de lesão nas articulações dos membros inferiores, correr em inclinações pode ser ainda mais prejudicial. Além disso, avalie a superfície que está correndo (asfalto, calçada, trilhas, areia…) pois existem tênis específicos para cada tipo de terreno.

 

10. Não ter um forma de controlar a corrida.

Para termos bons resultados, precisamos controlar os nossos treinos. Um treinador especializado irá definir a distância e o ritmo ideal para cada treino de corrida para você seguir à risca o que foi planejado, algumas ferramentas como relógios com GPS e cardiofrequencímetros ajudam bastante. Caso não queira investir em um relógio moderno, vários aplicativos para smartphone suprem essa necessidade. Então usem, controle melhor os seus treinos e veja mais resultados com a corrida.

 

E você concorda que estes erros são comuns de quem não corre com orientação profissional e especializada? Deixe seu comentário e conte suas experiências com a corrida.

Aqui na BHRace, tenho certeza que não cometerá estes erros. Treine conosco, clicando aqui.

Ainda não está convencido(a) das vantagens de se ter um treinador? Leia este texto e veja a vantagem que é treinar com orientação profisisonal.

Bons treinos!

 

 

Vamos Treinar?

Conheça o treinamento online BHRace. Corra onde e quando quiser, com orientação profissional.


Deixe seu email e receba nossa news