Blog

27/04/2020

Tudo o que precisa saber sobre pular corda

Coluna do treinador, Dicas BHRace

.

Os benefícios de pular corda.

O exercício de pular corda prioriza o trabalho dos membros inferiores, mas também atua em músculos do peitoral, ombros, costas e braços.

A atividade traz grandes adaptações para a capacidade aeróbica dos praticantes, além de trazer muitos benefícios como a melhora da concentração e da coordenação.

Dependendo do tempo de estímulo, esta atividade gera grande queima calórica e melhora a impulsão horizontal e vertical.

.

.

Posso pular corda em qualquer lugar?

Pode, de preferência em lugares mais abertos para não causar nenhum tipo de acidente.

Então, se você quer ganhar mais capacidade aeróbica e não tem tempo de praticar atividades físicas em outros lugares, esse é um exercício perfeito para você.

A BHRace disponibiliza, na plataforma para treino em casa, vários treinos de corda para te ajudar a evoluir com exercícios personalizados e voltados para a individualidade do atleta.

.

.

Como executar corretamente o exercício?

Pular corda é um exercício feito para todas idades. E cada pessoa pode adaptar o modo de saltar à sua demanda e condição física. Seguem algumas dicas para pular corda de maneira correta:

– Procure realizar o movimento na maior velocidade possível.

– Tente manter o menor tempo de contato possível com o solo. 

– Na hora de aterrissar, não precisa encostar todo o pé no chão. Toque apenas o terço anterior rapidamente.

– Realize saltos pequenos (mais baixos), pois saltos muito grandes vão cansá-lo rapidamente.                  

– O movimento de rotação da corda deve ter sua origem apenas no movimento dos punhos. Não precisa movimentar todo braço!

– Busque iniciar as atividades sempre descansado.

– Não precisa ir direto. É possível fazer um bom treino dando pequenos intervalos para descanso.

– Esteja sempre concentrado no movimento e motivado em não errar.

.

.

Escolha a corda ideal!

Você deve estar se perguntando: posso usar qualquer corda?

A resposta é simples: não existe padrão de tamanho corda para todas as pessoas.

Existem cordas de todos os tamanhos, então a escolha da corda certa deve ser individualizada. O macete utilizado para a regulagem da corda é segurar com as mãos, pisar no centro com os pés unidos e a altura da corda deve estar na altura do peito.

Lembrando que o material da corda deve ser leve e flexível para facilitar a execução do movimento.

É importante que esteja usando algum calçado para amortecer o impacto causado durante a execução dos movimentos.

.

.

Treino de corda auxilia na melhora da velocidade?

Analisando alguns estudos, Almeida e Rogatto (2007), Rodrigues Fabio (2012) e Chu (1984) demonstraram que treinos de corda realizados duas vezes semanais melhorou os níveis de impulsão horizontal e agilidade porém não houve alterações significativas na impulsão vertical e velocidade de deslocamento.

.

.

Compartilhe:

Deixe um comentário

avatar
  Receber comentários por email  
Avise-me de

Vamos Treinar?

Conheça o treinamento online BHRace. Corra onde e quando quiser, com orientação profissional.