Blog

01/07/2011

HÁBITO ANTI-LESÃO

Coluna do treinador

 

Poucas coisas deixam o corredor mais triste do que ter uma lesão…

Interromper a seqüência de treinos, ficar de molho e deixar de sentir aquela descarga de endorfina 4 vezes por semana realmente não é fácil.

Na maioria das vezes a lesão vem quando o atleta se encontra no auge do seu condicionamento físico, fazendo com que a frustração seja ainda maior.

Daí o discurso pontual é sempre o mesmo: “Não devia ter feito aquele longo”, “Acho que corri muito forte no treino passado”, “Isso que dá participar de tanta prova em um mesmo mês”.

Que fique bem claro, uma lesão dificilmente tem apenas uma causa!

Lesão você constrói e luta para adquiri-la com muito esforço…

Não basta apenas fazer um longo forte, disputar 3 provas em um mesmo mês, descansar pouco, desprezar o aquecimento ou simplesmente aumentar o volume da sua planilha.

Em alguns casos isso precisa ser feito durante meses para que se transforme em uma lesão realmente.

É como se o nosso corpo tivesse uma cota de estripulias, e a cada travessura você pontuasse rumo ao estouro das cotas e consequentemente a lesão!

Dizer que se lesionou por um único motivo não está certo.

Por isso, muitas vezes o meu papel como treinador é simplesmente refrescar a memória dos corredores e mostrarem-lhes que aquela lesão é reflexo do seu comportamento nos últimos meses de treinamento e não simplesmente um mero aquecimento mal feito.

Já diziam por ai: O importante não é o que você faz uma única vez, mas sim o que você vem fazendo nos últimos tempos (o hábito).

Bons treinos.

Compartilhe:

Receber comentários por email
Avise-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
ANNETTE LOURES
9 anos atrás

Iuri,
Acho que vc pode acrescentar à cota de “estripulias”, fatores não relacionados ao treino, como cansaço causado por excesso de trabalho, alimentação corrida e inadequada e até fatores psicológicos. Todos nós jogamos no corpo a carga do dia. Hoje, acho sinceramente, que se estou muito cansada é melhor não treinar. Prefiro dormir mais cedo. Treino menos, com melhor aproveitamento.
O que vc acha?
Adorei sua coluna!
Grande abraço

Blog BH Race
Blog BH Race
9 anos atrás
Reply to  ANNETTE LOURES

Sem dúvida Annette!
Nosso corpo participa e reage a todos os estímulos do nosso dia a dia…
Cabe controlar e dosar nossas rotinas de trabalho, descanso e lazer, não só pelo desempenho esportivo mas acima de tudo por uma vida com mais qualidade.
Excelente comentário.

Forte abraço do seu treinador

Iuri Lage

Vamos Treinar?

Conheça o treinamento online BHRace. Corra onde e quando quiser, com orientação profissional.