Blog

18/09/2014

OSTEOARTROSE X CORRIDA

Lesão

A osteoartrose é uma doença crônica que afeta as articulações, reduz a mobilidade e leva a perda da funcionalidade articular.

A OA promove a degeneração das cartilagens presentes nas articulações, leva a diminuição do espaço articular aumentando o cisalhamento entre os ossos, gera osteofítosque ficam periféricos na articulação, além de gerar uma importante rigidez articular com a presença de dor, principalmente ao caminhar.

Suspeita-se que os picos crônicos de sobrecarga articular no joelho durante a caminhada seriam os fatores causais para o início e a evolução da OA, o raciocínio lógico seria que a corrida acelerasse esse processo já que na corrida e considerada uma atividade de “alto impacto”.

Pode parecer contraditório mas pesquisas publicadas a alguns anos atrás já observavam que um programa de corrida de 14 semanas não houve aceleração ou progressão da doença em coelhos.

Estudos apontavam um risco de desenvolvimento de OA em indivíduos que realizavam atividades físicas de alta intensidade ou treinassem especificamente corrida, mas estudos com seres humanos concluíram que os corredores de média e longas distancias não tem risco aumentado para desenvolvimento de OA.

O pico de sobrecarga na articulação do joelho correndo chega a ser três vezes maior quando comparamos esta articulação caminhando, associando o aparecimento e o desenvolvimento da OA a estes picos o que explica o não agravamento do quadro em corredores?

Os especialista descobriram que a dissipação das forças nas articulações ocorrem similares entre o ato de correr e caminhar, a justificativa dos cientistas é que durante a caminhada o indivíduo fica maior tempo com o pé em contato com o solo, aumentando assim o tempo que a articulação do joelho fica exposta a força de reação do solo, na corrida este contato e muito rápido MI, não gerando um aumento da sobrecarga articular.

Além disto temos que observar que as estruturas cartilaginosas do joelho que estão seriamente lesionadas em sujeitos com OA se nutrem através de pressão constante, a ausência ou aumento desta pressão também são fator para o agravamento da lesão.

Ou seja, pessoas que desenvolveram OA tem várias indicações para começar a correr, além de se quebrar o mito que a corrida agravaria sua condição já está comprovado que os tecidos intra articulares se beneficiam em muito com uma prática esportiva saudável e bem orientada de corrida.

images

osso1

 

matheus

Compartilhe:

Receber comentários por email
Avise-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Anônimo
Anônimo
6 anos atrás

Muito bom Mathues

Vamos Treinar?

Conheça o treinamento online BHRace. Corra onde e quando quiser, com orientação profissional.