Blog

30/03/2018

O joelho da mulher corredora

Lesão, Mulher

Nos dias atuais, a mulher é cada vez mais atuante e protagonista em diversas áreas da sociedade, e no esporte não poderia ser diferente.

No mundo da corrida a presença das mulheres está crescendo cada vez mais, inclusive passando os homens em números de inscritos em provas importantes do cenário mundial.

Entretanto, nossas corredoras devem tomar alguns cuidados nesse esporte para evitar de se lesionar, já que pesquisas afirmam que a incidência de lesões em mulheres é maior quando comparado aos homens.

Essa desvantagem se deve principalmente pela diferença de composição corporal, densidade óssea, rigidez muscular, fatores hormonais e fatores biomecânicos.

O joelho

O joelho da mulher corredora é a articulação mais afetada por lesões, ao todo ele responsável por mais de 50% de todas as lesões na corrida feminina.

Anatomicamente, o joelho é a articulação intermediária do membro inferior com dois planos de movimento articular (os quais envolvem flexão/extensão e rotação interna/externa), além disso, sofre muitas influências dos posicionamentos das articulações adjacentes dos pés e do quadril.

O quadril feminino tem como características ser maior e mais largo, o que possibilita a gestação na mulher (diferente do quadril masculino que tem por função somente a estabilização dos membros inferiores) e estes fatores exclusivos da mulher culminam em sobrecarga nas articulações dos joelhos.

O reforço das musculaturas do quadril feminino, assim com o controle dos fatores como técnica de corrida, volume e intensidade de treino, tênis, tipo de pisada entre outros, são importantíssimos para se pensar em prevenção de lesões nas articulações dos joelhos.

A avaliação física e a intervenção/tratamento na mulher corredora tem de ser realizada de forma diferenciada dos corredores masculinos, devido ao maior grau de complexidade que os sistemas de movimento feminino apresentam além das influências diretas de fatores hormonais cíclicos.

Mas nesse processo o mais importante é avaliar cada caso individualmente!

Deixe nos comentários suas dúvidas ou sugestões,

 

Compartilhe:

Receber comentários por email
Avise-me de
guest
1 Comentário
mais antigos
mais novos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Paula Salomão
Paula Salomão
7 meses atrás

Matheus, parabéns pelo texto! Qual tipo de pisada deve ser a preferencial para prevenir lesões no joelho?

Vamos Treinar?

Conheça o treinamento online BHRace. Corra onde e quando quiser, com orientação profissional.