Blog

13/02/2012

SAIBA COMO ESCOLHER SEU TÊNIS DE CORRIDA

Lesão

 

Quando vamos a uma loja de calçados esportivos nos deparamos com uma enorme variedade de tipos e marcas de tênis para corredores.

Os vendedores falam sobre esse e aquele tênis, vantagens e desvantagens, características peculiares de cada marca, etc. Mas em meio ao “mar de Tênis” que encontramos no mercado hoje em dia, como escolher o mais adequado para si mesmo?

Infelizmente, essa é uma pergunta ainda sem uma resposta fechada no cunho científico. Eis o problema: cada um de nós tem um padrão de movimento único e individual quando pratica a corrida. É claro que podemos classificá-los em grandes grupos como fizeram ao determinar os PRONADORES e os SUPINADORES. No entanto, o movimento da corrida humana não é determinado apenas pelos pés. Os joelhos, quadris e coluna vertebral também participam (e muito!).

O melhor e mais caro tênis do mundo pode não ser, portanto, o melhor tênis para você. E, além disso, com novos tênis sendo lançados todos os dias não sabemos sequer se eles cumprem o objetivo ao qual se propuseram cumprir.

Só para se ter uma idéia há comprovação científica de que os tênis com amortecimento aumentado reduzem a força de impacto sobre o corpo, mas não há comprovação alguma de que isso gera um efeito positivo na redução das lesões de corrida.

Com relação aos tênis de correção de movimento, apenas o tipo de tênis que se propõe a corrigir a pronação excessiva tem evidência científica confirmando seus efeitos. No entanto, a correção da pronação mostrou-se eficaz na articulação do tornozelo e nem tão eficaz em outras articulações como o joelho e quadril. A solução para o impasse é o bom senso.

Há também algumas boas dicas que posso dar, como observar o conforto do calçado na hora da compra e, sempre que trocar de modelo ou de marca , prestar atenção aos dias seguintes aos treinos de corrida. Observe se há algum desconforto ou dor que são novidades, repare se ficou mais cansado após o treino.

Aos iniciantes a dica é comprar um tênis mais simples. Ao invés de contar com que o amortecedor do tênis proteja você contra lesões, conte com um bom treinador e não exagere. O melhor “absorverdor” de cargas do mundo é uma boa musculatura! E a musculatura que se torna treinada no tempo certo tende a dar conta do recado!

Aos corredores mais antigos a dica é tomar muito cuidado toda vez que resolver trocar de tênis. Sintam o seu corpo e , se possível, realizem avaliações da sua corrida e marcha com profissionais adequados. Um programa de prevenção de lesões sempre é bem vindo!

Fica assim o RECADO.

 

Adriana Brandão

Fisioterapeuta  MOOVE/BH RACE

Especialista em Fisioterapia Esportiva

Compartilhe:

Receber comentários por email
Avise-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
monica
9 anos atrás

Gostei das dicas!

Vamos Treinar?

Conheça o treinamento online BHRace. Corra onde e quando quiser, com orientação profissional.