Blog

15/09/2010

OS ANTIOXIDANTES NA DIETA DOS ATLETAS

Nutrição

 

 

Atletas necessitam de uma alimentação equilibrada. Está comprovada a necessidade dos nutrientes na medida correta para atletas e o maior risco de lesão nos que fazem cardápios pobres. De forma geral a recomendação de nutrientes para atletas só diferencia em quantidade da necessidade de pessoas sedentárias.

Algumas modalidades esportivas aumentam a produção de radicais livres. E existem dois mecanismos pelos quais os radicais livres são produzidos. O primeiro está ligado aos exercícios exaustivos nos quais há um aumento de 10 a 20 vezes no consumo de oxigênio no corpo. O enorme bombeamento de oxigênio através dos tecidos desencadeia a liberação de radicais livres. Para se evitar isto, é recomendável praticar os exercícios entre 65-80% da sua freqüência cardíaca máxima. A outra forma de produção de radicais livres durante os exercícios está ligada ao processo que é conhecido como isquemia-reperfusão. Quando os exercícios físicos intensos são praticados, o fluxo sangüíneo é desviado dos órgãos não diretamente envolvidos para os músculos em atividade. Assim, uma parte do corpo irá passar por uma deficiência de oxigênio. Ao término do exercício há reperfusão, quando o sangue retorna aos órgãos que estiveram privados. Este processo está associado à liberação de grandes quantidades de radicais livres.

Estas substâncias, se produzidas em excesso, elevam o risco de doenças como o câncer, causam o envelhecimento precoce, além de prejudicar a atividade física e a recuperação do atleta. Nosso organismo contém enzimas capazes de deter estes radicais livres. Porém, quando a produção é muito alta, precisamos ter a ajuda da alimentação no fornecimento desta quantidade extra de antioxidantes para que não soframos os riscos do excesso dos radicais livres.

Os antioxidantes são encontrados nos alimentos como as vitaminas C e E, os carotenóides, o selênio e o zinco, além dos bioflavonóides encontrados em frutas como a uva.?

Abaixo estão os antioxidantes e suas fontes alimentares:

Carotenóides: laranja, tomate, cenoura, abóboras;

Vitamina E: óleos vegetais como o azeite, nozes e sementes;

Vitamina C: goiaba, mamão, laranja, acerola;

Selênio: frutos do mar, castanha do Pará, produtos à base de grãos integrais;

Zinco: ostras, iogurte e os cereais enriquecidos.  

     Bioflavonóides: laranja, limão, casca de uva roxa (rica em reverastrol, nutriente funcional, antioxidante que se liga ao radical e impede que ele ataque.

Carolina Duarte

Compartilhe:

Receber comentários por email
Avise-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Leticia Martini
Leticia Martini
10 anos atrás

Carolina, ADOREI sua matéria, li e reli, realmente muito interessante porque sempre ouvi falar dos radicais livres e de sua influência na prática do esporte, mas não sabia exatamente porque e como eles agiam: agora sim, está explicado. Fiquei com uma dúvida. Quanto será que precisamos ingerir destes alimentos apontados para atender as nossas necessidades?
Abraço
Leticia

Annette Loures
Annette Loures
10 anos atrás

Ótimo seu artigo, Carol !
Muito bom saber como os radicais livres são liberados em nosso organismo. A receita é : moderação nos treinos, que devem ser feitos sem débito de oxigênio e alimentação saudável. Esforço excessivo envelhece! Comer bem é essencial! Valeu demais!
abs Annette

Carolina Duarte
Carolina Duarte
10 anos atrás

Olá Letícia! Obrigada pelo elogio! Bom, em relação a sua dúvida, a quantidade varia de acordo com o sexo e idade da pessoa. De uma maneira geral, o atleta precisa de ter uma alimentação mais natural possível, aproveitando, o máximo possível, os nutrientes dos alimentos. Consuma de 3 a 4 frutas por dia, beba sucos naturais feitos na hora e coloque bastante salada crua no seu prato (cenoura, beterraba, verduras verde escuras, etc.). Só não é bom se ficarmos neurados com isso, consumindo suplementos que contem antioxidantes além das fontes alimentares, porque o consumo de antioxidante em excesso deixa o… Read more »

Carolina Duarte
Carolina Duarte
10 anos atrás

Obrigada pelo comentário Annette!

Abraços,
Carol.

Leticia Martini
Leticia Martini
10 anos atrás

Puxa Carol, obrigada pela dica. Chegui a tomar antioxidantes uma época, mas realmente dá pra ver que não há necessidade, pois como gosto de frutas e verduras e já consumo esta quantidade que você indicou. VALEU DE NOVO!
Um beijo e obrigada mais uma vez!
Leticia

Vamos Treinar?

Conheça o treinamento online BHRace. Corra onde e quando quiser, com orientação profissional.