Blog

31/03/2010

VIAGEM E CORRIDA – PARTE 3

Coluna do treinador

Continuando…

Só depois desse susto pude curtir a paisagem nesse trecho, que era simplesmente de tirar o fôlego! Como tudo que sobe desce, em seguida veio uma descida fortíssima, com muitas pedras em uma trilha fininha que só cabia um corredor de cada vez. Aproveitei para soltar as pernas e recuperar um pouco o tempo que havia perdido!

Em seguida estava a segunda montanha, que não era alta como a primeira, mas não ficava atrás de nenhuma ladeira de Ouro Preto! Mais pessoas com cãibras, um gole de água e vamos embora que a paisagem está cada vez mais bonita…

Outra descida, essa muito escorregadia! E sem descanso chegamos à terceira montanha, irmã gêmea da primeira. Nossa como tive que ter cabeça… Devagarzinho fui subindo! A musculatura das minhas coxas queimava de tanta força que fazia, até que cheguei ao topo e a paisagem mais uma vez me fez esquecer todo o sofrimento.

No final de todas as subidas observava que muitos corredores se alongavam antes de voltar a correr. Resolvi testar esse método com a intenção de relaxar minha musculatura que estava visivelmente endurecida. No primeiro alongamento que fiz senti pela primeira vez na vida uma cãibra na coxa! Parecia que meu quadríceps repuxava meu fêmur causando uma dor indescritível… Mais do que depressa soltei minha perna e voltei a correr em ritmo lendo como se nada tivesse acontecido, abandonando de vez esse método….

O segredo de lhe dar com uma cãibra no meio da prova é tentar esquecê-la, relaxar ao máximo a musculatura, repor a água e os sais perdidos pelo suor. Foi isso que tentei fazer a partir desse ponto!

Mal acabou a terceira montanha e já se via a quarta. Minha cabeça já não pensava muito nesse instante, e tudo que sentia era uma vontade de chegar e fechar os 28km…

No topo dessa quarta montanha já se via a cidade e bandeirinhas próximas da chegada! Cheguei a pensar que seria uma miragem ou delírio de alguém muito cansado, mas realmente era a linda Tandil que dava as boas vindas aos verdadeiros guerreiros daquela prova!

Fui descendo no meio de vários corredores que se arrastavam, até chegar ao lago onde havia estado na tarde do dia anterior… Atravessei uma ponte e já podia ouvir o locutor narrando à chegada de alguns atletas.

Estava em transe, explodindo de alegria, quando avistei uma escada de mais ou menos 30 degraus e placas indicando que o caminho passava por ali… Nessa hora esqueci toda a boa educação que recebi da minha família e xinguei dos piores nomes que você possa imaginar o simpático rapaz que teve a idéia de colocar essa escada nos metros finais de uma corrida como aquela.

Superada a escada e o mau humor temporário, avistei uma multidão que aplaudia fervorosamente, formando um lindo corredor humano que levavam os atletas até o pórtico de chegada.

Emocionado, cruzei a linha de chegada batendo palma, agradecendo o carinho de todos e me parabenizando por ter vencido o maior desafio esportivo da minha vida!

 

*Ainda não consegui informações oficiais, mas meu tempo foi de 3h50min32s e o número de participantes era em torno de 6 mil corredores.

 

Compartilhe:

Receber comentários por email
Avise-me de
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Annette Loures
Annette Loures
10 anos atrás

Que emocionante Iuri!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Mil parabéns, bravo guerreiro!!!!!!!!!!!!!!
Vc é gigante, alma gigante, mente gigante!
Abração, Annette.

Blog BH Race
Blog BH Race
10 anos atrás
Reply to  Annette Loures

Obrigado pelo carinho Annette!!!

Vera Santana
Vera Santana
10 anos atrás

Iu……ri. que sufoco este lance da cãimbra, heim?
Bárbaro! Estas experiências são ótimas depois que passam.
Boa dica a sua e Parabéns, de verdade, pela garra!

É isso aí, treinador… continue dando o bom exemplo para seus corredores.

Abração.
Vera

Luciana Nunes
Luciana Nunes
10 anos atrás

Iuri, professor!!! que demais a viagem, será que com meus treinos de areia eu chego lá sem caimbra?? Olha, prometo papai do céu, ralar duro este ano para, quem sabe ano que vem, incluir viagens de corridas para terras estrangeiras!!! ótimo diário, adorei.

Blog BH Race
Blog BH Race
10 anos atrás
Reply to  Luciana Nunes

Com certeza Lu! Ano que vem faço questào de te acompanhar…
Forte abraço

Luciana Saldanha
10 anos atrás

Nossa, fiquei sem fôlego! Até chorei na sua chegada.
Mais uma vez, parabéns por essa mega conquista.

Blog BH Race
Blog BH Race
10 anos atrás

Obrigado Luciana! Ano que vem quero ver você…

Selena Lage
Selena Lage
10 anos atrás

Adorei, emocionante! Parabéns hermanito, pela corrida e pelo texto!

Blog BH Race
Blog BH Race
10 anos atrás
Reply to  Selena Lage

Valeu Selens!!!

bjoss

Iuri

Leticia Martini
Leticia Martini
10 anos atrás

Sensacional Iuri! Deve ter sido realmente incrível! Pelas fotos dá pra ver que o lugar é lindo e o percurso deve ter sido bem legal! Ainda tem todo o clima da viagem, a festa, as feiras, as comprinhas… estou com uma “inveja boa”de você! Pena que não deu pra correr com a nossa verdinha… Quem sabe a gente não consegue um grupo pra correr provas assim. Não precisa ser tão difícil pra não assustar né? A Raquel chegou a comentar no ano passado que a gente poderia montar uma equipe pra fazer o revezamento na Volta da Ilha! Já pensou… Read more »

Blog BH Race
Blog BH Race
10 anos atrás

Ei Letícia,
acho excelente idéia!!!
Vamos comimbinar?

Abraço

Iuri

Vamos Treinar?

Conheça o treinamento online BHRace. Corra onde e quando quiser, com orientação profissional.