Blog

27/07/2017

Legado de Usain Bolt – Quem assume a liderança?

Post da Nagai

Este ano é anunciado como último da carreira profissional de Usain Bolt, detentor de recordes mundiais dos e 100 e 200 metros rasos com os tempos de 9″58 e 19″19, respectivamente.

Vale também ressaltar que Bolt encerra uma carreira “limpa” ao contrário dos seus maiores rivais americanos (Tyson Gay e Justin Gatlin) e jamaicanos (Asafa Powell e Yoham Blake).

Mesmo longe do auge da forma física, que é estimado por volta dos 26 anos para os sprinters, Bolt foi capaz de conquistar ouro nas Olimpíadas do Rio nas duas distâncias e chegou em primeiro na etapa de Mônaco da Diamond League recentemente, sendo essa sua penúltima participação a nível profissional.

Fica a pergunta de quem assumiria a liderança nas principais provas de velocidade do atletismo, uma vez que ao longo da carreira de Bolt, houve diversos concorrentes, mas nenhum competiu de maneira consistente na condição de vice.

A seguir, um top 4 considerando os recordes pessoais dos principais candidatos, seus resultados mais recentes e o que os tornam únicos nestas modalidades.

Bolt compete pela última vez no Mundial em agosto e representa o início de uma nova fase que indica quais atletas têm maiores chances de se tornar medalistas na próxima Olimpíadas em Tóquio 2020 e assumir este legado de Bolt.

 

#1 Andre De Grasse (Canada, 23 anos)

 Principais conquistas:

Prata nas Olimpíadas Rio 2016: 100m em 9″95 e 200m em 20″02.

Melhor performance: 100m em 9″95 (2016) e 200m em 19″80 (2016).

 

Destaques:

– Finalizou semifinal dos 200m lado a lado com Bolt atingindo o recorde de seu país.
– Correu 100m em 9″69 em Junho, mas seu resultado foi anulado devido ao vento favorável de 4,8m/s.

 

De Grasse a esquerda na imagem

Desempenho atual:

A frase clássica de Buzz Lightyear (Toy story) “Para o infinito…e além!” resume bem o momento atual De Grasse que apenas não igualou sua marca ao do seu principal concorrente a “herdeiro de  Bolt” pela velocidade do vento ser superior a 2 m/s para IAAF homologar o tempo.

 

#2 Christian Coleman (Estados Unidos, 21 anos)

 

Principais conquistas:

Melhor performance: 100 m em 9,82” (2017) & 200 m em 19,85” (2017).

 

Destaques:

– Melhor marca de 2017 nos 100m e terceira melhor nos 200m.

– Ainda falta medalha em Olimpíadas (Bolt aos 22 anos conquistou medalha em Pequim).

 

Desempenho atual:

Em evolução, reduziu tempo nos 100 m de 10,30 para 9,82” e nos 200 m, 20,61 a 19,85” desde 2014

 

Coleman em laranja correndo ao lado de Gatlin, considerado como um mentor para o jovem atleta

 

#3 Yohan Blake (Jamaica, 27 anos)

 

Principais conquistas:

Prata nas Olimpíadas Londres 2012: 100m em 9″75 e 200m em 19″44.

Melhor performance: 100m em 9″69 (2012) e 200m em 19″26 (2011).

 

Destaques:

– Segundo homem mais rápido da história nos 200 m.

– Punição por doping de 3 meses e confissão de uso de substância proibida.

 

Desempenho atual:
Desde 2015, retomando de maneira consistente sua forma física de 2011-2012, temporada em que chegou mais próximo a fazer frente a Usain Bolt.

 

Ex-Parceiro de treino de Bolt

 

#4 Trayvon Bromell (Estados Unidos, 22 anos)

 

Principais conquistas:

Melhor performance: 100 m em 9″84 (2015 e 2016) e 200m em 20″03 (2015).

 

Destaques:

– Primeiro atleta sub-20 a correr abaixo de 10”.

– Desqualificação no revezamento 4x100m nas Olimpíadas do Rio (em uma das infrações, Bromell invade raia jamaicana após receber bastão de Tyson Gay).
Desempenho atual: Este ano ainda nao mandou um sub-10” nos 100m e sub-20” nos 200m em eventos oficiais.

Bromell de azul na final de revezamento 4 x 100 m

Vamos Treinar?

Conheça o treinamento online BHRace. Corra onde e quando quiser, com orientação profissional.


Deixe seu email e receba nossa news


Fatal error: Class 'WYSIJA_NL_Widget' not found in /home/bhrace/www/wordpress/wp-content/themes/bhrace/views/posts/_news_form.php on line 10