Blog

09/05/2017

Adriana Silva, a Maratonista Brasileira

Post da Nagai

Foi  numa transmissão da Maratona do Pan Americano de Guadalajara 2011 que tive conhecimento da atleta Adriana Aparecida da Silva, ouro neste evento com tempo 2h36m37s.

Nesta oportunidade, ela mostrou toda sua determinação assumindo a liderança nos últimos 4 dos 42,195 km.

Adriana Silva é natural de Cruzeiro, cidade no interior de São Paulo localizada na região do Vale do Paraíba. Ela é detentora do recorde brasileiro em maratona (2h29m17s – Maratona Tóquio em 2012).

A efeito de comparação, o recorde mundial feminino  é de 2h17m01s conquistado pela queniana Mary Keitany no mês passado, na maratona de Londres.

Independente da melhor marca pessoal de Adriana estar a cerca de 12 minutos do melhor tempo registrado até hoje, é notória a capacidade dela em manter um pace médio de 3m32s por quilômetro.

Rotina de treinos

Em entrevista, Adriana relatou que chega a treinar 215 km na semana, em dois períodos com os treinos de velocidade nas terças e quintas, dias que nem se arrisca a marcar compromissos por não saber como o corpo ficará após treino.

Também revelou que não dorme um dia antes por ansiedade e nem um dia depois de uma prova pelas fortes dores no corpo (definitivamente ansiedade não é “privilégio” de atletas amadores rs).

Sabendo lidar com a ansiedade e com muita dedicação aos treinos, que ela conquistou medalha de Ouro da Maratona do Pan Americano realizado em Toronto 2015 (2h35m40s), depois de herdar essa colocação da peruana Gladys Tejeda desclassificada por testar positivo para substância proibida.

Na olimpíada do Rio

Por fim, tive o privilégio de acompanhar a Maratona feminina da Olimpíada do Rio 2016, cujo percurso passava pelo bairro do Catete onde me hospedei e assim pude ver as duas passagens da elite feminina sob calor e sol intenso.

O público estava super envolvido, pois ver uma maratona da TV e vê-la ao vivo é algo completamente diferente. Todos gritando palavras de incentivo, sempre tentando pronunciar os nomes das atletas no número de peito e país de origem.

Muitos torciam por Adriana sem saber de fato que era a recordista brasileira na distância… Ela terminou a prova como brasileira mais bem colocada, 69 posição, fechando em 2h43m22s.

Em 2017, a atleta já alcançou índice (mínimo 2h45m) para Maratona do Mundial de Atletismo que será realizado em agosto, em Londres. A marca foi alcançada pela Adriana foi de 2h35m44s, sexto lugar na Maratona de Hamburgo, Alemanha.

Para a distância de meia maratona, ela foi segunda colocada Meia Maratona Internacional de São Paulo em fevereiro deste ano, demonstrando que é a atleta mais consistente de longa distância.

Mais um exemplo para gente se inspirar e acompanhar nas transmissões de Atletismo!

 

Vamos Treinar?

Conheça o treinamento online BHRace. Corra onde e quando quiser, com orientação profissional.


Deixe seu email e receba nossa news